Warning: Declaration of Cws_Walker_Nav_Menu::walk($items, $depth) should be compatible with Walker::walk($elements, $max_depth, ...$args) in /home/clinicadasaude/public_html/wp-content/themes/clinico/functions.php on line 0
Clínica da Saúde: Reposição hormonal sem mito

Reposição hormonal sem mito

30 de junho de 2016

A vida da mulher é feita de muitas fases, como a menopausa, por exemplo. É nela que, junto com as transformações do corpo, também vêm muitas dúvidas. Essa fase é marcada pela aposentadoria dos ovários que vão parando gradativamente, resultando na suspensão da produção dos hormônios. Segundo o Comitê de Nomenclaturas da Federação Internacional de Ginecologia e Obstetrícia, resumindo, a menopausa é a fase em que a mulher passa do estágio reprodutivo para o não reprodutivo.

1Enquanto algumas mulheres passam ilesas por essa fase da vida, outras, por sua vez, apresentam desconfortos severos. Entre eles estão: diminuição da libido, ressecamento vaginal, dor durante o sexo, diminuição da memória e da atenção, ondas de calor que se intensificam à noite, osteoporose depressão e irritabilidade.

Pensando na qualidade de vida das mulheres que passam por considerável sofrimento neste período de suas vidas, a partir da década de 1960, médicos começaram a indicar o Tratamento Hormonal (TH). Tudo ia muito bem até o surgimento de uma pesquisa realizada nos Estados Unidos que concluiu que o tratamento com hormônios, durante a menopausa, aumentava o risco de câncer nas pacientes.

Depois dessa resolução, ocorrida em 2002, a polêmica sobre o assunto ganhou vida e segue até hoje. Mas não é bem assim, de acordo com a Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo) e a Associação Brasileira de Climatério (Sobrac). Isso porque a pesquisa em questão foi realizada com mulheres que já estavam no período da menopausa há bastante tempo e as doses hormonais aplicadas eram altíssimas, se comportadas aos padrões do Brasil.

3

Você pode estar se perguntando quem pode ou não fazer reposição hormonal. Não é indicado, por exemplo, para mulheres que tenham histórico de câncer de mama ou de endométrio, sangramento vaginal anormal que não tenha diagnóstico e de doença hepática severa. Mas a vida da mulher que passa pela menopausa pode ser muito mais tranquila com a ajuda dos hormônios.

Para saber como funciona o Tratamento Hormonal, conversamos com o doutor Job Christian Buss Angeli .

A reposição hormonal repõe parte dos hormônios (como o estradiol) perdidos pela mulher durante a menopausa, perdendo as formas femininas, as curvas, a pele da mulher envelhece mais rápido, aparece a osteoporose, as defesas do sistema cardiovascular diminuem. Com a reposição hormonal, parte de todas essas coisas são recuperadas e o envelhecimento acontece de uma forma mais branda e mais lenta, mas só pode ser feita com assistência médica e tem que ser avaliado cada caso para o médico escolher o medicamento que mais se encaixa para cada pessoa. É fundamental que pessoa sinta-se bem com o remédio.

Fontes usadas para a redação dessa matéria:

http://www.endocrino.org.br/

http://delas.ig.com.br/

2

Leave a Comment