Exame médico de mudança de função

15 de fevereiro de 2016

É comum que as empresas solicitem exame médico admissional, periódico e demissional dos funcionários, mas muitas vezes, um exame igualmente importante acaba passando despercebido: o exame médico de mudança de função.  Muitas vezes, é necessário o remanejamento dos funcionários dentro de uma empresa, certo? A cada vez que uma pessoa muda de função e passa a se expor a riscos diferentes dos da função anterior, é necessário que a empresa solicite o exame médico de mudança de função. Se os riscos forem os mesmos, não é necessária a realização do exame.

No exame médico de mudança de função, o médico avaliará as condições gerais de saúde do paciente e definirá se ele está apto a desempenhar a nova função e se ela não trará danos à sua saúde. Por isso é importante realizar o exame antes de iniciar as atividades no novo posto. Aí está outro erro muito comum: a empresa primeiro “muda” o funcionário de setor e depois solicita o exame médico de mudança de função.

Exame médico de mudança de função,  e a legislação

No Artigo 168 da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), complementado pela Norma Regulamentadora n°7 da PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional), estão dispostos os exames obrigatórios, dentre eles o exame médico de mudança de função. Portanto, realizar o exame médico de mudança de função significa cumprir a lei e garantir a segurança dos seus funcionários.

Ser conveniado com uma clínica especializada nesses exames garante à empresa que esse quadro seja mantido em dia. Preze pela saúde dos seus funcionários e pela reputação da sua empresa. A Clínica da Saúde há mais de 15 anos presta assessoria completa na área de Medicina e Segurança do Trabalho. Nossa equipe técnica, em conjunto com a médica, atende todos os tipos e tamanhos de empresas. Fale conosco e tire todas as suas dúvidas.

Leave a Comment